Como escolher padrinhos e madrinhas para o casamento?

São meses ou até anos preparando todos os detalhes, das coisas mais simples até as grandiosas. O casamento é, além do enlace de duas pessoas, a realização do compartilhamento do amor com familiares e amigos especiais.

E, entre essas pessoas, não poderiam faltar os padrinhos e madrinhas, não é mesmo? Escolhê-los, entretanto, pode ser um desafio, por isso, os nomes dos padrinhos para casamento precisam ser pensados com calma.

Se estiverem com dificuldades para escolher quem estará junto a vocês no altar, continuem a leitura deste artigo. Aqui, conhecerão algumas dicas para a tomada da melhor decisão. Acompanhe!

Sejam sinceros

A sinceridade e a naturalidade são os diferenciais de uma boa cerimônia. Por isso, nada de convidar pessoas para serem padrinhos se vocês não têm intimidade ou apenas por educação. É comum que os noivos pensem em chamar um casal só porque já foram convidados para serem padrinhos dele, mas isso não vale a pena se não é um desejo genuíno.

Lembre-se de que o casamento é um dos momentos mais importantes das suas vidas e que vocês precisam estar rodeados de pessoas por quem realmente sintam um carinho especial.

Não se preocupem com quantidade

Normalmente, são convidados uma média de 6 casais de padrinhos para cada um dos noivos. Porém, esse número pode aumentar ou diminuir, dependendo da vontade dos noivos e também do tamanho do local onde eles ficarão na hora da celebração.

Apesar dessa média, o casal pode ficar livre para escolher, colocando um casal a mais ou reduzindo esse número.

Não se prendam a familiares

É comum que o casal deixe de chamar uma dupla de amigos, por exemplo, para colocar aquela tia tão estimada pelos pais. A pressão da família ainda é grande nesse quesito e, apesar de os laços de sangue serem muito importantes, vale a pena pensar se você realmente quer algumas pessoas da família ali ou se o convite é apenas para seguir o protocolo.

Parem para relembrar seus melhores momentos

Quais são os momentos mais marcantes das suas vidas? Quem estava com vocês neles? Vocês ainda têm um relacionamento? É assim que a lista de padrinhos para casamento vai, aos poucos, tomando forma.

As pessoas que mais estiveram presentes na sua vida e na do casal e com quem vocês têm mais afinidade são as melhores opções.

Não se preocupem em separar casais

Vocês têm um amigo que namora há pouco tempo? Não se intimidem em chamar apenas ele para ser o padrinho. Não é falta de educação separar casais na escolha de quem vai estar no altar com vocês.

Essa é uma opção dos noivos e os convidados devem entender e respeitar. É importante ter bom senso na hora de escolher e de separar os casais, mas lembre-se de que vocês não precisam fazer nada por obrigação, mas pelo coração.

Escolher os padrinhos para casamento é um desafio, afinal, muitas pessoas queridas passam por nossa vida e deixam boas marcas. A dica, portanto, é seguir o coração e chamar aqueles que vocês sabem que vão apoiar e estar sempre por perto do casal.

E então, já conseguiram clarear melhor as ideias sobre a escolha dos padrinhos? Vejam, então, algumas dicas sobre como orientá-los a respeito dos trajes para a cerimônia!

Leave a reply