Como montar lista de convidados para casamento e não ter problemas?

Se tem um item, dentre os muitos que são parte do planejamento de um casamento, que pode deixar os noivos de cabelo em pé, é a lista de convidados. Isso porque toda a organização do casamento dependerá dela: orçamento, espaço, buffet, etc. E nem sempre o bolso permite que os noivos incluam na lista todas aquelas pessoas com quem eles gostariam de compartilhar esse dia especial.

Mas como fazer para não deixar ninguém importante fora do evento e ao mesmo tempo não passar dos limites? Algumas regras são essenciais para que a sua lista de convidados para casamento seja “enxugada”, e a festa permaneça dentro dos custos pré-estabelecidos. Vamos conferir?

Determine para quantas pessoas será a festa

Deixar para tomar a decisão de definir um número total de convidados depois que começar a lista pode ser um pouco perigoso. Os noivos podem acabar listando muitos nomes que não são essenciais e depois podem achar uma missão impossível cortá-los da lista.

Definindo de uma vez para quantas pessoas será a cerimônia, ficará mais fácil adequar todos os custos. É fundamental ter essas informações prontamente em mãos a fim de fazer os cortes necessários da sua lista de convidados e não permitir que a comemoração se transforme em uma baita dor de cabeça.

Selecione todos os nomes por grupos

Para não se esquecer de ninguém, é interessante agrupar os convidados ou separá-los por categorias. Por exemplo: os da família, amigos, vizinhos, colegas de trabalho etc. Assim, fica mais fácil elencar as pessoas sem deixar ninguém especial de fora.

Cuidado com o número de familiares, pois é interessante fazer uma seleção adequada dos parentes mais distantes. Mais importante do que fazer parte da família é fazer parte do convívio frequente dos noivos. Além disso, vocês podem deixar a impressão de que estão convidando aquele primo de terceiro grau só para ganhar mais presentes.

Priorize quem realmente faz parte da vida do casal

Essa dica é importante, especialmente para quem deseja realizar uma cerimônia mais intimista. Coloque como prioridade aquelas pessoas que fazem realmente parte da vida de vocês dois. Aquele colega de futebol do seu noivo — que nem lhe conhece — talvez não precisa ser convidado. Muito melhor chamar o amigo que divide o churrasco com vocês nos finais de semana.

Os amigos de trabalho também não precisam, necessariamente, de convite. A não ser que exista uma relação muito próxima ao casal. Se ninguém se encaixar no perfil, o melhor a fazer é não convidar nenhum colega profissional, para evitar aquele sentimento chato de exclusão.

Coloque na balança as indicações dos pais

É normal que os pais dos noivos queiram incluir na lista de convidados para casamento aqueles amigos (deles) que viram os filhos crescerem. Considere essa vontade, principalmente se os pais estiverem contribuindo financeiramente para a celebração. No entanto, é importante aceitar as indicações com bastante equilíbrio.

Avise a respeito dos convidados extras

Algumas pessoas podem acabar incluindo na lista os convidados deles e levando pessoas que nem passaram pela cabeça de vocês para a festa. A fim de evitar esse tipo de contratempo, é conveniente avisar aos convidados para não levarem companhias. Aqueles amigos solteiros, ou que têm relacionamentos recentes (com pessoas que vocês nem conhecem), podem muito bem ir sozinhos, por exemplo.

Lembre-se de que não existe um número ideal para a sua lista de convidados para casamento. Tudo dependerá do quanto vocês estão dispostos a gastar e do caráter da cerimônia. Será uma festa mais reservada ou uma festança de arromba? Seguindo essas sugestões, ficará mais fácil para aproveitar esse dia tão especial com as pessoas mais queridas, exatamente do jeito que vocês imaginaram.

O que achou das dicas? Deixe aqui o seu comentário, conte suas opiniões!

Leave a reply