Save The Date: dicas para reservar a data do seu casamento e divulgá-la

Marcar a data de casamento é um momento emblemático na vida dos noivos, de seus familiares e de amigos mais próximos. Por isso, quem encontrou o amor de sua vida e tem planos de iniciar o seu “felizes para sempre” quer anunciar aos quatro ventos que esse evento tão aguardado está chegando.

É com essa ideia que surgiu o “Save The Date”, ou “reserve a data”. Esse costume se iniciou nos Estados Unidos, com o objetivo de avisar o dia do casamento com bastante antecedência.

Desta forma, os noivos evitam que as pessoas queridas, com as quais eles gostariam de dividir esse momento, não estejam presentes devido a outros compromissos assumidos.

E você, já pensou em como será o seu Save The Date? Com certeza, nos últimos tempos você tem visitado muitos blogs especializados e conferido ideias espetaculares nas redes sociais. Nós também vamos colaborar com a sua escolha!

Vamos falar um pouquinho sobre a importância dessa reserva da data, apresentar uma seleção de ideias incríveis e originais para esse momento e também dar dicas sobre a divulgação.

Ficou interessada? Quer tornar esse dia ainda mais inesquecível? Então não perca esse post e garanta a presença das pessoas que você ama no dia mais especial da sua vida!

A importância da boa reserva de data

Uma boa escolha da data é fundamental para que os noivos realizem uma cerimônia do jeitinho que sonharam. Pode ser um casamento em uma igreja tradicional na sua cidade, ou vocês podem querer trocar alianças e votos de amor e fidelidade em uma praia linda e distante.

O fato é que, independentemente do desejo de vocês, a escolha da data é um fator decisivo. A reserva da igreja pode exigir um longo tempo de espera. O casamento na praia ou no campo deve, preferencialmente, ser marcado em períodos do ano em que as chances de enfrentar problemas climáticos são menores.

Por todos esses motivos, a reserva da data pode se transformar em um verdadeiro dilema. Entenda quais são os fatores que precisam ser considerados.

O dilema da reserva de data

A escolha da data é, provavelmente, uma das decisões mais delicadas que um casal precisa tomar quando pensa em realizar a cerimônia de casamento. Há muitos fatores em jogo, e os noivos geralmente querem:

  • garantir a presença das pessoas queridas;
  • facilitar o deslocamento dos convidados que vêm de longe;
  • encontrar um lugar de acordo com suas preferências e condições financeiras, o que pode fazê-los enfrentar uma imensa fila de espera;
  • estabelecer um prazo que permita a realização de todos os planos para o grande dia;
  • garantir que esse prazo é suficiente para obter também os recursos que financiarão esse projeto;
  • aguardar condições relacionadas à vida de casados, como a entrega ou adaptação de um imóvel;
  • evitar a coincidência com outras ocasiões que possam inviabilizar a presença de pessoas importantes para o casal;
  • escolher uma estação do ano propícia para o tipo de cerimônia que os noivos desejam (praia, campo etc.).

Como podemos perceber, não se trata de uma escolha simples. O casal precisa se sentar com calma e considerar questões pessoais, familiares e até mesmo financeiras para chegar à conclusão mais satisfatória para todos os envolvidos.

É fundamental que haja um período de tempo entre o noivado e o casamento. Assim, é possível planejar e executar cada ideia referente ao tão sonhado dia, além de encontrar o vestido perfeito!

Outros critérios que os noivos podem adotar quanto à definição da data

Além desses fatores que já mencionamos, é possível que você e seu amor queiram que essa escolha tenha ainda um significado especial. Para isso, é possível utilizar alguns critérios na hora de decidir o momento reservado para a união. Entre eles, podemos destacar o simbolismo. 

Com certeza, a história de vocês é marcada por alguns acontecimentos importantes. Nem sempre sabemos a data exata, mas para alguns casais esse registro faz parte da memória. Algumas ideias são:

  • casar-se no mesmo dia em que vocês se encontraram pela primeira vez, ou no dia em que iniciaram o namoro;
  • realizar a cerimônia no mesmo dia em que aconteceu o casamento de um casal inspirador para vocês, como avós muito queridos;
  • escolher a data que coincide com alguma estação do ano em que vocês veem algum significado especial. A primavera, por exemplo, simboliza renascimento.

Enfim, os critérios podem variar e para selecioná-los, é fundamental que o casal revisite a própria história. Ela pode render muita inspiração não só para a escolha da data, mas até mesmo para o tema da decoração e da festa.

Depois de todo esse processo, desejamos que vocês encontrem uma solução em conjunto e cheguem a uma data estimada.

Quanto mais distante ela estiver, maiores são as suas chances de averiguar se o planejamento está acontecendo como queriam e fazer adaptações. Já é comum alguns casais se planejarem com dois anos de antecedência.

Quanto mais próxima é a data, menores são as possibilidades e mudanças. Remarcar igreja, buffet, salão para o dia da noiva, músicos e outros serviços relacionados à cerimônia pode ser muito trabalhoso, além de gerar taxas indesejadas.

Para evitar isso, planeje minuciosamente o passo a passo. Recorra a sites especializados e aplicativos que vão ajudá-los a programar cada etapa, tanto em relação ao tempo quanto financeiramente.

Entenda porque é tão importante a divulgação

Finalmente, data marcada, preparativos a todo vapor, aquele friozinho na barriga — é hora de anunciar a tão aguardada data! Mas talvez você esteja perguntando: se o Save The Date é um costume adotado há pouco tempo, por que ele é tão necessário?

Em primeiro lugar, precisamos nos lembrar de que hoje as pessoas vivem um ritmo de vida muito diferente daquele praticado pelas pessoas há 40 ou 50 anos.

Naquele tempo, um casal de noivos podia tinha a certeza de que a maior parte de seus convidados vivia em um local próximo e tinha uma quantidade ínfima de compromissos quando comparados aos seus amigos e familiares hoje.

Por isso, mesmo que eles recebessem os convites um ou dois meses antes e fossem notificados com pouca antecedência, o comparecimento era mais garantido.

No entanto, hoje a situação é completamente diferente. A maioria das pessoas vive atarefada, se desdobrando entre trabalho, estudos, cuidados com a família, entre outros tantos compromissos.

Além disso, atualmente conhecemos um grande número de pessoas que vivem longe de nossa cidade, estado ou até mesmo país. Nesses casos, não podemos esperar que elas se desloquem em um período muito curto.

Hoje, a recomendação para o período de entrega de convites varia. Enquanto alguns sites e blogs especializados recomendam 6 meses ou até mais de antecedência (o que pode ser considerado até mesmo um exagero), outros acreditam que um prazo razoável fica entre 30 e 45 dias antes da cerimônia.

Portanto, embora entregar um convite com muita antecedência seja desnecessário e até mesmo complicado — alguns convidados, mesmo que queridos, podem se esquecer da data ou até mesmo onde guardaram o convite depois de tanto tempo — também precisamos concordar que 30 ou 45 dias pode ser pouco tempo para as pessoas se programarem.

Veja alguns motivos que exigem uma programação com maior antecedência:

  • se não forem avisadas com a devida antecedência, muitas pessoas queridas podem ter assumido compromissos para a data marcada;
  • quando seus convidados vêm de outras cidades ou estados, eles podem precisar de tempo para comprar as passagens aéreas por um preço razoável;
  • além disso, quando esse deslocamento é longo, é possível que as pessoas precisem realizar ajustes em seu trabalho para que possam vir para a cerimônia. Esse tipo de negociação com o chefe pode exigir uma certa antecedência;
  • nem sempre a família dos noivos consegue acomodar todos os convidados, e reservar um hotel em um prazo pequeno pode ser praticamente impossível, dependendo da localização;
  • vai que vocês planejam se casar em um castelo na França e todos os convidados precisam ir até lá? Brincadeiras à parte, o fato é que se a intenção é se casar em qualquer outra cidade, é importante dar aos convidados condições de se planejarem.

Diante dessas situações, é provável que vocês tenham percebido que o Save The Date é essencial, porque ele estabelece um ponto de equilíbrio: é possível avisar as pessoas com bastante antecedência, permitindo que se programem, mas deixar a entrega efetiva dos convites para uma data mais próxima do grande dia.

Como fazer?

Para que vocês escolham o Save The Date mais apropriado, é preciso levar algumas questões em consideração:

  • a personalidade dos noivos;
  • a identidade visual planejada para a cerimônia de casamento;
  • o orçamento destinado ao Save The Date;
  • modelos e ideias que já viram no mercado ou na internet.

Essas informações são importantes para que vocês escolham entre os principais tipos de Save The Date existentes no mercado. Que tal conhecê-los?

Save The Date tradicionais

O formato mais clássico para esse lembrete é o cartão-postal. As alternativas mais comuns, mas que têm um efeito incontestável são:

  • uma foto romântica do casal (ou uma montagem de fotos) com a mensagem em destaque, de alguma forma;
  • uma ilustração estilizada do casal acompanhada das informações;
  • outras imagens relacionadas ao tema romance como flores, corações, bonecos de noivinhos;
  • apenas as informações, em um papel para convite sofisticado e um design interessante;
  • uma montagem com a foto dos noivos quando crianças.

É importante destacar que, se vocês escolheram fazer o anúncio com uma foto do casal, é melhor que essa imagem seja profissional. Busquem um fotógrafo de confiança e verifiquem seu portfólio antes da contratação.

Além de garantir que a fotografia seja bem produzida, sem sombreamentos ou outras distorções, eles podem dar muitas ideias para os locais, a pose dos noivos ou até os elementos de destaque.

As informações, por exemplo, podem ser escritas em uma lousa, ou em balões em formato de coração… Com a criatividade e a experiência que esses profissionais costumam ter, eles podem dar ideias interessantes!

Save The Date menos convencionais ou divertidos

Se o casal topar — por isso falamos que a personalidade é importante — o anúncio pode ser divertido. Ele pode vir em forma de cartoon, de bonecos estilizados, cartões tipo pop-up. É possível até deixar o seu animal de estimação participar do momento e torná-lo mais fofo.

Lembre-se apenas de garantir que ele combine com a identidade visual que vocês estão planejando para o casamento. O convite oficial precisa ter o mesmo estilo, assim como o site, a decoração e os detalhes da cerimônia.

Save The Date originais

Com certeza, se você copiá-los eles deixam de ser, em tese, realmente “originais”. De qualquer forma, eles continuarão sendo criativos, ou podem apenas servir de inspiração para outras ideias. Então vamos a alguns exemplos:

  • Balão: juntamente com um cartão que diz “Por favor encha e Save The Date”, o convidado recebe um balão com as informações impressas.
  • Chaveiro / calendário: o convidado recebe um pequeno chaveiro de metal, que tem em sua placa um pequeno calendário com o mês do casamento. A data deve ser marcada com um coraçãozinho, e o nome dos noivos deve ser gravado em baixo relevo na parte de trás.
  • Calendário: esse vale para quem pretende mandar o STD no mês de dezembro. Que tal enviar um calendário personalizado do ano seguinte, já com a data do casamento assinalada?
  • Porta-copos: outra opção é fazer o aviso naquelas “bolachinhas” porta-copos. Mas nesse caso, precisa mandar um para cada convidado, e não um por família, certo?
  • 3D: o casal também pode enviar o STD em 3D. Neste caso, os óculos também precisam ir como brinde.
  • Comestíveis: cupcakes, docinhos finos, bombons, trufas… Essa é uma ótima maneira de fisgar os convidados e mostrar o que eles podem esperar da festa. Só não se esqueça de imprimir as informações na caixinha.
  • Vídeo: essa alternativa é válida para o site do casal. Não se esqueça de ser cuidadoso na divulgação.

Quando enviar?

Lembre-se de que o propósito principal do Save The Date é permitir que as pessoas se preparem para a cerimônia com antecedência. Por isso, recomenda-se que ele seja enviado 6 meses antes quando o casamento vai acontecer na mesma cidade.

Quando a intenção dos noivos é se casar em outra localidade ou se grande parte dos convidados mora em um local distante, esse tempo pode e deve aumentar. Na maior parte das vezes, 8 a 10 meses são suficientes para essa programação.

Porém, é importante ter em mente que o material precisa ser preparado pelo menos 60 dias antes do envio. Assim, quem vai produzi-lo tem tempo de elaborar uma arte de acordo com a identidade visual que vocês programaram.

A confecção antecipada também garante que vocês consigam revisar o material e alterá-lo até que ele fique do jeitinho que querem. Trata-se do momento da largada para o seu grande dia, então vale a pena tomar esse cuidado e garantir que tudo saia da maneira esperada!

Então, se a ideia é enviar o Save The Date com 10 meses de antecedência, sua produção deve ser iniciada 1 ano antes do casamento.

Como enviar?

A abordagem tradicional continua sendo o envio pelos Correios ou outro serviço de entregas. Porém, não podemos negar que a tecnologia tem mudado alguns hábitos, e esse é um deles.

Hoje, cada vez mais os casais enviam o Save The Date até mesmo por aplicativos de mensagens, como o WhatsApp. Pode soar um pouco estranho a princípio, mas é algo com o que as pessoas estão se acostumando.

Esse tipo de envio tem ainda outra vantagem: você pode solicitar que as pessoas enviem seu endereço completo por esse meio, para o envio posterior do convite.

O que precisa dizer?

A ideia do Save The Date não é “entregar o ouro” logo no início. Portanto, a opção mais tradicional é criar um lembrete bonito, de visual atrativo, mas apenas avisar para as pessoas reservarem a data, que é o que significa a expressão.

As informações fundamentais são:

  • nome dos noivos;
  • data do casamento;
  • a frase “Save The Date”.

São opcionais:

  • o link para o site do casamento (se vocês tiverem o site, é importante acrescentar);
  • a cidade do evento, para as pessoas saberem onde será a cerimônia, especialmente quando vocês decidiram se casar em outro local;
  • a hashtag do casamento.

Certamente você pode analisar a sua realidade e considerar que talvez os seus convidados precisem de um pouco mais de informação. No entanto, o ideal não é fazer isso por meio de um Save The Date impresso, como os clássicos cartões ou postais.

Uma alternativa que hoje é muito fácil é aliar o Save The Date impresso a uma divulgação virtual. Ao receber o cartão, seus convidados têm não só a informação básica, que é a data, mas o site e alguma chave de acesso a ele.

Assim, o casal pode revelar alguns outros detalhes (mas não todos) apenas às pessoas que já receberam o lembrete. Outra alternativa é fazer essas revelações gradualmente, criando um clima de mistério e gerando uma expectativa muito bacana nos convidados.

Como divulgar?

É possível que muitos dos seus amigos queiram acompanhar seus preparativos de perto. Afinal, quem conhece a sua história de amor sabe o quanto esse momento é importante para vocês.

No seu site de casamento, vocês podem ir contando a respeito dos preparativos. Evitem fazer textões, mas usem imagens para dar um aperitivo aos convidados e criar uma expectativa positiva.

Lembre-se de que, quando você publica muitas fotos de uma vez, essa exposição se torna um pouco cansativa. É melhor divulgar uma foto perfeita, daquele momento especial, do que uma série de imagens parecidas e repetitivas.

E para conquistar o coração das pessoas, faça com que esses registros sejam naturais. As fotos posadas são importantes no álbum de casamento, mas para compartilhar os preparativos no seu site ou nas redes sociais, faça uma cobertura realista. Assim, as pessoas se sentem como se tivessem participado daquele momento.

O que evitar?

Provavelmente, suas redes sociais têm um número muito maior de contatos do que as pessoas que vocês pretendem convidar para o casamento, certo? E o motivo para isso é simples: nem todas elas são suficientemente próximas para serem consideradas indispensáveis nesse momento.

Porém, quando você divulga o seu Save The Date nas redes sociais, precisa estar preparado para ser abordado por pessoas que, embora não sejam próximas, vão demonstrar interesse em participar da cerimônia.

Portanto, embora a decisão de divulgá-lo nas redes sociais seja sua, prepare-se para a repercussão que isso pode gerar. E se aquele parente distante, que nem estava na sua lista de convidados, entrar em contato com a sua mãe e disser que quer ir? Vocês abrirão essas exceções?

Tudo isso precisa ser muito bem combinado antes, não só entre o casal, mas também com a família. Algumas sugestões de pessoas “se convidando” podem até ser simplesmente ignoradas ou consideradas como brincadeira. Outras vão precisar de uma resposta gentil, mas firme.

Mas em todos esses casos, saiba que seu posicionamento pode ocasionar alguns desafetos ou até desavenças familiares. Então, a decisão de divulgar o Save The Date nas redes sociais precisa ser muito bem pensada.

Hoje, olhando para o futuro, pode parecer que falta uma eternidade para o tão sonhado dia chegar. Mas o fato é que os próximos meses serão intensos. Haverá uma série de providências e decisões a tomar. Em alguns momentos, será inevitável passar por alguma situação de frustração e estresse.

Mas o que importa é que vocês tomaram a decisão mais importante, que é a de viver suas vidas ao lado um do outro. Curtam cada momento, pois eles são únicos. Todo esse processo vai levá-los a realização de um sonho e ao início de um projeto de vida.

Podemos falar que o Save The Date é fundamental para os convidados se prepararem, para facilitar o comparecimento à cerimônia. Porém, vocês podem olhar para ele com um significado todo especial.

Lembrem-se que, ao divulgarem a data, vocês estão fazendo uma declaração. Um anúncio ao mundo de que ainda acreditam no amor, na cumplicidade e na importância de dedicarem suas vidas à construção da felicidade!

Que a data chegue logo, e que seja apenas o primeiro passo definitivo de uma longa história de amor!

Gostou das nossas dicas para anunciar o dia de casamento e iniciar a largada para esse momento inesquecível? Quer receber outras sugestões como essas? Então não perca tempo! Siga-nos no Facebook, no YouTube e no Instagram e acompanhe todas as ideias e novidades. 

Leave a reply